Porque beber apenas Heineken

Cerveja com C maiúsculo

WP_20150509_18_12_43_Pro

Gostaria de explanar aqui algumas considerações sobre as cervejarias populares do Brasil de maneira geral e mostrar porque devemos todos consumir Heineken. Para muitas pessoas ela se resume apenas como ‘a mais gostosa’, para outros ‘como uma cerveja muito forte’ ou mesmo ‘de gosto amargo’. Mas independente de gosto pessoal, o que é a Heineken de fato, ou melhor o que não é, e porque podemos seguramente dizer que ela é a melhor cerveja popular (de baixo custo) no Brasil?

Bom, para começar vamos falar um pouco sobre o que é cerveja, que segundo o Wikipédia, além de ser a provável mais antiga bebida alcoólica que se tem conhecimento, mais especificamente a cerveja Pilsen, é a bebida mais popular do mundo ficando atrás apenas de água e chá. Existem diversos tipos de cervejas que trazem métodos diferentes de fermentação e composição, mas a Pilsen que corresponde a maior e mais popular produção, tem ou deveria ter a seguinte composição:

água; malte de cevada; levedura de cerveja para produzir a fermentação, e o lúpulo. Essa é a composição do que deveria ser aceito como Cerveja

Dentro do processo de fermentação espera-se, que uma bebida tão antiga quanto a civilização tenha seu próprio método de conservação, o lúpulo exerce essa função e algumas outras na Cerveja. Ou seja, a Cerveja (com ‘C’ maiúsculo) tem em sua fórmula um conservante natural e nesse tempo todo de simbiose entre ela e o homem, estão os dois mais que adaptados um ao outro, tornando-a verdadeiramente saudável (ou o mais perto possível disso).

Todo mundo sabe que ingerir bebidas alcoólicas demais faz mal, existem limites nisso, o problema é quando qualquer quantidade faz mal. Por isso resolvi escrever esse post, pois hoje em dia percebo que pouca gente sabe o que está bebendo de fato. A grande maioria das cervejas no mercado não são cervejas, a formula delas difere muito do que é conhecido milenarmente. Na minha opinião nem deveria ser permitido por lei chamar o que tem se vendido no país de cerveja.

Vou dar um exemplo prático: se pegamos leite de vaca, misturamos nele 40% de leite de soja, podemos ainda chamar esse produto de ‘leite de vaca’? Mas não para aí, mistura ainda ao leite, conservantes industriais, corantes, essências e mais uma boa quantidade de químicas. Isso é mesmo leite? Isso é o que aconteceu com as cervejas populares no Brasil. Para entender melhor vamos voltar ao título do post.

Por que você deve beber Heineken

Ingredientes: água, malte e lúpulo

Ingredientes: água, malte e lúpulo

Lembrando do que foi exposto acima vamos agora olhar para as mais populares marcas de cerveja. Selecionei alem da Heineken, a Antárctica  e a Stella Artois. Apenas essas duas pois Antárctica, Skol, Brahma, Kaiser e outras da mesma faixa de preço tem mais ou menos a mesma fórmula, já a Stella Artois se difere um pouco na formula e no preço e assim como a Heineken custa em média r$1,00 a mais, sendo que no caso da Stella Artois, se não me engano, vem 100mls a menos. Stella Artois é das cervejas fabricadas pela Ambev a que concorre, ou deveria, com a Heineken, por isso mais a frente vou fazer um comparativo exclusivo entre as duas.

Acontece que tirando a Heineken, todas as cervejas pilsen de preços populares no brasil não são feitas de cevada e lúpulo, oficialmente elas tem (se não me engano) 40% de ‘cereais não maltados’, que pode ser traduzido como ‘milho’. Essa é a quantia que a lei brasileira permiti para que continue sendo vendida com o nome de cerveja. E pasmem: legisladores que defendem interesses da industria em questão, estão querendo mudar a lei para que os cereais não maltados possam representar 60% da fórmula!!! Isso não é cerveja, não importa se a lei permite que essa bebida de milho leve o nome de cerveja na prateleira do mercado, mas não é cerveja. Não é a bebida milenar ao qual nosso corpo já está ‘geneticamente’ adaptado e que se conserva por conta própria.

O sabor não é o único a ser prejudicado com essa ‘nova’ formula, para ser comercializável é adicionado também conservantes artificiais para essa bebida de milho não estragar, o que é MUITO prejudicial a sua saúde. Acredite a Heineken tem APENAS água, malte e lúpulo, nada mais… Pode se dizer que ela é um produto natural. Já na formula da longNeck Antártica você vai encontrar: Água, Malte, Cereais não maltados, Carboidratos, Lúpulo, Antioxidante INS 316 e Estabilizante INS 405. Essa fórmula se repete nas cervejas como Antártica Original (que eu não sei o que tem de original nela), Bohemia (uma boa cerveja que foi estragada pela sede de lucro), Skol e provavelmente em todas as outras cervejas de boteco, seja Ambev ou não.

Desculpa Ambev, MAS ISSO NÃO É CERVEJA!

A Stella Artois que seria a cerveja da Ambev produzida para concorrer com a Heineken tem a formula um pouco melhor:  Água, Malte, Cereais não maltados, Lúpulo, Antioxidante INS 316. Aparentemente um conservante a menos, entretanto ela custa mais ou menos o mesmo que a Heineken, sendo que a unidade tem apenas 275mls, enquanto a Henineken tem 355mls.

Conclusão

Se você quer beber Cerveja, pague em média um real a mais e peça Heineken, quer beber um composto de milho e outras coisas OK, mas acho que é valida a reflexão sobre saúde e canibalismo de mercado. Porque alem de prejudicar o sabor, essas ‘cervejas’ de milho põe em risco a sua saúde. Tudo bem, todos sabemos que é bebida alcoólica e faz mal, mas a formula original está a tanto tempo acompanhado a humanidade que o simples consumo esportivo não deve causar maiores danos do que a embriagues (é bom conferir com um médico),  por outro lado já está muito bem difundido os prejuízos causados pelos conservantes industriais.

fonte das formulas: http://www.formulachopp.com.br/ (eles não vendem heineken, mas vc pode conferir sua formula no google com bastante facilidade)

146 Comments

  1. Iván

    Podia falar mais sobre a Bohemia? Um comparativo entre ela e a Stella, por exemplo? Ou até mesmo com a Heineken?

    • admin

      Não existe uma diferença significativa entre nenhuma cerveja de base da AMBEV, inclusive a boehmia, antártica original e antártica são exatamente a mesma cerveja, só muda o rótulo (se houver alguma diferença é irrelevante). Já a Stella tem uma qualidade um pouco superior mas ainda assim muito inferior a Heineken, eu não considero uma cerveja de milho cerveja… logo não considero a Stella cerveja…

  2. Eduardo Moura

    Caro Leon Prado, concordo com você que a Heineken, é a uma das melhores cervejas do mercado de massa brasileiro. Contudo, Cerveja é definida como uma bebida produzida a partir da fermentação de cereais, principalmente a cevada maltada. A cerveja vem sendo produzida com os mais diversos cereais desde do ano 6000 a.C. A determinação de se produzir cerveja apenas a partir da cevada, adveio de uma lei alemã editada na idade média, para evitar que o trigo tivesse seu preço elevado, encarecendo o pão. Na Bélgica sempre foi comum adicionar outros cereais a cerveja, principalmente o trigo. Em outras regiões do mundo é comum adicionar outros elementos na composição da cerveja como: arroz, sorgo, milheto, agave, mandioca, especiarias, Cervejeiros germânicos, ao chegarem aos Estados Unidos, livres da proibição alemã, adicionaram o milho, abundante na América, as suas receitas. Criando um estilo de cerveja as “American”. Assim, as principais marcas de cervejas no mercado brasileiro, podem ser consideradas como: “Classic American Pilsner”, inclusive a própria Heineken é tida pela Comissão de Estilos de Cerveja BJCP como “Premium American Lager”. Veja o link: http://www.bjcp.org/docs/2015_Guidelines_Beer.pdf. Assim, caro Leon, de um apaixonado por cerveja para outro, que sei que você é. Não se furte a experimentar outros tipos de cervejas. Particularmente prefiro as “Dry Stout”, cerveja da família das Ale, produzida com cevada torrada, que lhe dar sabor característico que lembra café e chocolate.

    • admin

      eu experimento, mas colocar milho poda o poder dela de conservação, prejudica o sabor e por conta dos conservantes químicos prejudica nossa saúde.

    • Dr. Uncontroller

      Outro problema do milho é que, no Brasil, quase todo milho é transgênico, sendo ainda mais prejudicial, além do que, estão colocando até estrogênio nas cervejas.

  3. Marcelo Begerron

    Olá. Excelente texto. Parabéns pela pesquisa e por dividi-la conosco.
    Mas aí, me veio uma dúvida.
    O que nos garante, que a Heineken produzida aqui no Brasil, segue exatamente a mesma formula original usada na Holanda ?
    O que nos garante, que aqui também não entram “cereais não maltados, talvez em menos quantidade” na produção, para baratear o custo para eles poderem entregar o produto final a um preço competitivo ?

    Estamos no Brasil, onde a Lei de Gerson impera, onde o negócio é “levar vantagem”. E esses grandes empresários só pensam nisso. Baixar os custos de todo os modos possíveis, nem que para isso seje entregue um produto de baixa qualidade. E no rótulo, sabemos que escreve-se o que quiser.

    Abraços

    • admin

      O que nos garante é o fato deles concorrerem com a maior cervejaria do mundo, que por sinal é brasileira e caso mentissem na formula, já teríamos visto um belo escândalo no jornal.

    • Ciro

      Estava de viagem à trabalho e tive a oportunidade de tomar Heineken´s feitas em 4 lugares diferentes.
      A primeira foi no Feita na Costa Leste do USA
      A segunda no Japão.
      A terceira a da Holanda, em Rotterdan e a quarta feita aqui no Brasil.
      Elas são iguais.
      Tomei todas na lata para ter noção exata do sentimento, ja que garrafa e lata tem quantidades de CO2 diferentes.
      É um padrão!

    • Felix Santos

      A Heineken tem um controle de qualidade internacional. Quem trabalha ou trabalhou em multinacional de bebidas ou farmacêutica sabe do que estou escrevendo. Todos são obrigados a seguir a formulação original do país de origem e se não seguir, o olho da rua é a recompensa. Inclusive, a própria Ambev faz o mesmo. Portanto, não está se discutindo controle de qualidade mas a própria qualidade, em sua formulação original.

    • Roni

      Além disso, a Heineken Holanda fiscaliza toda a produção mundial, inclusive aqui no Brasil, periodicamente. Não tenho dúvida de que se dependesse apenas dos empresários e fiscais aqui do Brasil, a formula seria outra. Felizmente para nós, os holandeses levam à sério a marca deles em outros países.

  4. Marcelo Duzentao

    Sou apreciador de cerveja desde a década de 70 , a cerveja Brahma na época, ainda sonho com o antigo cheiro e sabor . Hoje em dia não existe mais. Recentemente descobri a Heineken e tornei-me apreciador da marca. Pelo menos espero dignidade e confiança no produto. As marcas da Ambev, Schin e Itaipava somente se forem gratis, em casa de amigos prá não fazer desfeita nem falta de educação. Mesmo assim dois copos bastam.

  5. Guilherme Mazala

    Boa noite, excelente texto. Já briguei com amigos e parentes por causa da Heineken, essa é cerveja de verdade!!!!!

  6. Zé Filho

    Caro Leon, um amigo que aprecia cervejas boas falou, ao ler seu artigo, que você teria esquecido de mencionar outras cervejas que também são compostas apenas de água, malte e lúpulo, tais como as das marcas Proibida, Sulamericana, Serramalte e Devassa Loura e Ruiva. O que você diz???

    • admin

      a época do post esqueci delas… mas eu foco na ambev e nas populares, todas essas citadas não são populares….

  7. Anderson

    Parabéns pelo post. Sempre consumi cervejas da Ambev, porém após exames de rotina, descobri que estou com esteatose hepática. Minha alimentação sempre foi excelente e só bebo cerveja, o que me leva a desconfiar da qualidade das cervejas que estava consumindo. Mudei para Heineken a seis meses. Espero desintoxicar meu organismo, deixando de consumir cereais não maltados e conservantes.

  8. Wilson Cardoso

    E é mito que a Heineken é a melhor cerveja para diabéticos? Por favor, comente isso.

    • admin

      não faço ideia

      • Stay inimroatfve, San Diego, yeah boy!

  9. Cristiano Lima

    Salve aos Navegantes, ainda sou um bebê no ramo de apreciação de cerveja, mas sem duvida parabenizo pelo texto e pelas conclusões, sempre achei nossa cerveja algo menor e agora posso reproduzir isso com fundamento.
    Gostaria de saber de a DEVASSA que agora é puro malte e no rotulo não tem cereais , esta no mesmo nível da Heineken??

  10. Carlos Alberto

    Parabéns pelo texto. Já faz algum tempo que só tomo Heineken também pelos mesmos motivos seus, qualidade e milho na composição das outras cervejas produzidas pela AMBEV.

    Uma das coisas que agravam a situação é que o milho hoje é transgênico, não sabemos o mal que podem vir a causar!

  11. JOSÉ LACET DE LIMA JUNIOR

    Caro amigo,

    Válida e interessante sua defesa. Porem, permita me discordar em alguns pontos:
    1. A Heineken é classificada como lager, variante das TIPO Pilsen; as verdadeiras, só as PILSNER: URQUELL por exemplo:
    2. Hoje digo que a EisenBanh é a melhor tipo Pilsen nacional. É puro malte, e mantem um preço bem acessível.
    3. Falar de PURO MALTE, não diz muito, quando nao se sabe a origem do malte. A Heineken brasileira, é bem diferente da holandesa;
    4. Sou defensor da lei da pureza de 1516, porem ela tira a criatividade dos mestres cervejeiros, os belgas sabem bem disso, ainda bem que foi revogada em 1988;
    5. Ainda no puro malte, lembremos que a aveia, melhora significativamente a espuma e densidade da cerveja;
    6. No mais, as bebidas tipo cerveja, vendidas mundo a fora, realmente são mais batizadas que a nossa gasolina;
    Bebam cerveja boa, é uma celebração a vida!

  12. Nasci, na época errada, tudo é feito na calada da noite, na malandragem. Juiz Moro neles. Inadmissível, vou confiar nos Astecas ou na Cerveja Proibida consumida pelo ilustre Ator Antonio Fagundes. Ottoni Junior!

  13. Joao

    Eu adoro hnk. Só bebo ela a um bom tempo. Esporadicamente experimento outras cervejas, mas quando faço isso me lembro no primeiro gole por que adoro hnk. Minha sugestão é bebam somente hnk, que verão que o preço vale a pena e o dia depois também. Saude

  14. Renan M.

    A única que salva mesmo da Ambev é a Serra Malte, que recentemente mudou sua fórmula e virou puro malte.

  15. Neto Cezar

    Bom dia

    Sobre a Budweiser, alguém pode dissertar a respeito ?
    Em termos de sabores, comparando com todas as poupares, inclusive Heineken, acho uma das melhores, mais leve também.

    Abraço a todo !

    • Vitor Ferreira

      Digo o mesmo, eu gostava muito da Stella, mas de uns dois anos pra cá, esta muito diferente. Parti para a Bud, sou apaixonado por ela. Nao gosto de heinken (me julguem) mas o sabor dela nao me agrada. Gosto da Proibida Puro Malte, Devassa, Patricia, SerraMalte, Original, são todas muito gostosas. Amo cerveja artesanal, porem nao gosto de notas de café em algumas. Amo o chopp da Colorado Appia, mas a versão em garrafa é muito fraca o sabor.

  16. F

    O texto tem algumas informações incorretas que já foram citadas pelo Eduardo Moura, mas a conclusão é essa mesmo.

    A nova Devassa Loira, que está sendo comercializada em latas, também adota a fórmula “água, malte e lúpulo” somente. E ela está com a política de preços excelente, aparecendo nos supermercados por preço menor que skol!

    Também recomendo a Eisenbahn, mesma fórmula, “água, malte e lúpulo”, sem conservantes. Ela as vezes é mais cara mas em promoções chega próximo ao preço da Heineken.

    Na minha casa acabou de entrar estoque justamente dessas 3 e acabei de conferir os rótulos! Heineken, Devassa e Eisenbahn, todas puro malte e cada uma com seu sabor particular pra variar entre essas pilsens.

  17. Vandré

    O que falar da Budweiser?

    • admin

      respondi em outro comentário.

  18. Renato

    Gosto muito da Budweiser. Podias fazer um comparativo entre ela e a Heineken? Abraco

    • admin

      tem arroz na fórmula mas não tem conservantes.

  19. Renato

    Bom dia amigo, excelente post. E o que dizer da eisenbahn?

    • admin

      excelentes cervejas, são de alta fermentação, é outro processo.

    • F

      Comentei ali em cima. No caso da Eisenbahn pilsen a descrição no rótulo também traz apenas “água, malte e lúpulo”.

  20. Fernanda Mendes Nogueira Silva Viana

    Se ela é tipo Pilsener, ela é cerveja de baixa fermentação fato que não está relacionado com a qualidade e sim com o estilo ( especialmente quantidade, tipo de fermento utilizado e temperatura de fermentação ).
    Resumindo: tipo lager – baixa fermentação; tipo ale: alta fermentação.
    Uma dica: as cervejas que não seguem a lei de pureza geralmente são american ( no caso da “pilsen não pura” american lager ).
    Como já comentado, realmente o lúpulo é um conservante natural ( de 6 meses a um ano conserva) e antes dele era utilizado o gengibre.
    Em relação à cerveja conter açúcar, todas elas têm posto que o processo de transformar amido em álcool consiste em transformar o primeiro em açúcares menos complexos ( através da brassagem ) para que possam servir de alimento para o fermento que o transforma em álcool e co2 ( que nesta primeira etapa é liberado ).
    No processo mais tradicional de gaseificação da cerveja ( chamado de primming ) vai ainda mais açúcar refinado ( de 5 a 10g por litro ) portanto não é seguro ser consumida por diabéticos.

  21. Onassis

    Caro Leon,

    Gostei muito da sua visão sobre cervejas, o que confirmou que não sou louco ao defender a Heineken. Tenho apenas uma dúvida. Experimentei outras cervejas com ingredientes compostos apenas por malte, lúpulo e água, segundo seus rótulos, que foram a Eisenbahn e a Serra Malte. Queria entender por que o gosto é tão diferente, apesar de saber que são modelos diferentes por serem Pilsen. O que quero saber é se a qualidade da matéria prima pode interferir tanto na diferença de sabores, independente do nível de fermentação empregado, ou se isso é mito?

  22. Marcio da Silva

    Bom dia. Interessante blog. Porem, eu gostaria dizer que, eu moro nos Estados Unidos por 19 anos e aqui se bebe Heineken importada. Em 2013 voltei ao Brasil para visitar e quando cheguei no boteco, vi a garrafa verde long neck e pedi uma. Quando senti o sabor, que surpresa, nao e nada como a cerveja que bebemos aqui. Quand olhei o rotulo entendi o porque, era feita no Brasil. Quero dizer que mudaram a receita da Heineken brasileira.

    • admin

      a diferença no gosto deve ser por conta da agua que eh um ingrediente importantíssimo. agua diferente sabor diferente.

  23. marcus bacco

    Não vejo diferença alguma nas cervejas fabricadas pela Ambev, desculpem a minha sinceridade, elas não podem ser consideradas Cervejas

  24. PAULO CESAR SANTOS

    E o glúten está na fórmula e aí? Por quê?
    Se é padrão mundial a long neck, já vi com aviso no rótulo de menor quantidade e o preço, o mesmo.
    Outro dia vi também outros garrafa de menos de 300 ml.

  25. Fred

    Bom texto…eu só acho que faltou você comentar uma coisa importante, já trabalhei com cervejaria (AMBEV) e sabemos que outro fator importante que influencia o sabor final da cerveja é a ÁGUA cervejeira. A qualidade da água tem grande relevância na cerveja, os diferentes níveis de minerais ( carbonatarios etc…) acabam influenciando no sabor da cerveja de acordo com a característica de cada região que é produzida, mesmo passando por vários processos para padronizar a qualidade, porém cada região tem sua influência e pode ser mais propícia ou não a produzir certos tipos de cervejas. O famoso termo termo “Água dura” é usado para definir qualidade de uma água cervejeira mais carregada”

  26. Eduardo

    Tenho problemas de gastrite. Fiz recentemente o exame de endoscopia e descobri que não podia consumir cerveja que em sua composição tenha cereais. Me recomendaram a Reineken e foi a solução dos meus problemas! É um produto realmente especial, água, malte, lúpulo e nada mais! Parabéns Reineken!

  27. Ricardo

    Eu tenho a sorte de ter várias cervejarias artesanais no meu “quintal” Aqui em Minas eu só tomo cerveja artesanal. Caso eu esteja fora do meu estado tendo achar alguma artesanal, se não rolar vou de Heineken mesmo!

  28. Dulce

    Só uso Heineken. Acredito ser a mais natural de todas.

  29. Ermite

    Consumo Heineken desde seu acesso no Brasil. Bebo por prazer. E também experimento as artesanais. Skol e cia só de graça, na casa de amigos , um copinho, pra não fazer desfeita

  30. Ingo Orthmann

    Esqueceu da EISENBAHN, somente malte e lúpulo. É muito boa.

    • Marcelo

      Tem a Devassa também produzida pela Kirin que é da mesma fabrica da Eisenbahn.
      E agora a Heineken comprou a as duas.

  31. Leonardo

    E a itaipava?

    • admin

      Le no rótulo.. mas eh milho e arroz certeza…

  32. E a Serramalte?

    • admin

      diz q eh puro malte, mas nunca verifiquei.. acredito q nao seja pelo sabor que percebo quando bebo…

  33. wpc

    Parabens pela materia. Eu aqui nos EUA so bebo Heineken, porem quando vou ao Brasil a heineken dai tem suave gosto diferente (inferior). Olhei o rotulo e vim que eh fabricado em sp com supervisao da Holanda. Resumindo, no brasil eu nao bebo heineken :(
    Tem no brasil heineken da Holanda?

  34. Graciele Geschwind Basso

    E a Eisenbahn? podes falar sobre ela?

    • admin

      excelente cerveja! mas são outro tipo.. são de baixa fermentação.

  35. Anderson Denadai

    Depois que comecei a fazer a minha propria cerveja, quase nao bebo mais agua de milho. Com um custo medio de 4,00 reais o livro da cerveja artesanal, com paladar extremamente superior e o prazer de beber algo produzuio por vc.
    Recomendo vc iniciar sua proprua produção.

  36. Pingback: Lista de Alimentos Transgênicos: 20 Piores para Evitar Agora

  37. Ex-brahmeiro

    Como o texto é antigo talvez não havia no mercado a Brahma Extra Lager, que também é puro malte. Valor parecido com a Heineken

    Acho complicado comparar pilsen com lager.

    • João Prado

      Veja o meu relato abaixo. falo disso também. essas cervejas com cereais maltados e conservantes me causam mal. podem me levar a morte.

  38. Cláudio

    Olá! Parabéns pelo excelente post. Alguém sabe quais são as cervejas que tem adulantes mas não tem aditivos? Obrigado.

  39. Lucas

    Heineken Long Neck, cerveja de dar água na boca.

  40. Felix Santos

    Se cervejas como Brahma e similares fossem feitas com compostos de milho, seria um pouco melhor ainda, mas nem isto usam. A Brahma usa palha de arroz para fazer a fermentação. Sim, palha de arroz. Sou engenheiro químico, tive diversos colegas que trabalharam na Brahma da Tijuca (hoje virou supermercado) e todos confirmaram o uso de palha de arroz, inclusive porque houve uma época que nem sequer compravam a palha, pois recolhiam dos produtores de arroz, de graça. Mais tarde, os produtores de arroz “acordaram” e passaram a cobrar alguma coisa, ainda assim com grande vantagem de margem para a Brahma.
    Estas cervejas são consideradas massificadas, ou seja, para o povão e usam a formula a mais barata possível para enganar o consumidor. Não deveriam ser chamadas de cerveja mas refrigerante alcoólico.

  41. José Sanches

    Muito bom esse assunto. As indústrias de modo geral precisam reduzir custos, devido ao volume de impostos e outros inconvenientes. Infelizmente, o governo no Brasil consome 80% do PIB para se manter. A maioria das indústrias estão baixando a qualidade de seus produtos, para poderem competir. O que precisa ser feito, é termos um governo eficiente, enxuto, que gaste 35% do PIB, como os USA, por exemplo. Enquanto isso não acontece no Brasil, vamos tomando nossa cerveja. Viva a cerveja.

  42. Mad Max

    Também não considero como cerveja essas que chamo de “cerveja de bebum”.
    Poderia corrigir na postagem que umidades de medida abreviadas não vão para o plural, portanto 1 mililitro, 1000 mililitros, 1ml, 1000ml…
    E se escreve também “embriagueZ”…

    Bem esclarecedor o post

  43. Anderson

    Adoro a verdinha hehe, de boa gente ela tem sabor único, quanto a qualidade de fabricação tem várias iguais mas não em sabor.
    Até as artesanais já tomeI várias de renome e ainda prefiro a boa verdinha, mas gosto é gosto.
    A meu ver as únicas que tomei que são melhores são as alemãs e belgas originais de lá que tem sabores parecidos com a haineken, porém algumas até mais apuradas, mas gosto é gosto.

  44. Dalvan Carlo Veit

    Senhores, sou apreciador de Heineken, mas quando tenho a oportunidade de provar outras cervejas elaboradas jamais me furto destas. Pois bem, no semestre passado em viagem à trabalho na Irlanda, lhes confesso que acompanhado de alguns amigos, bebemos cervejas variadas todas as noites, e em quantidades generosas, e em nenhuma das manhãs nenhum de nós sentiu mal estar, dor de cabeça, ou aquela sensação de estufado… A qualidade da matéria prima faz toda diferença.

  45. Rodolfo

    É uma pena que a garrafa Heinecken 600ml não seja retornável… me parece um desperdício ter que jogar elas no lixo (ainda que reciclável).

  46. Vitor

    Pode falar o que quiser sobre cerveja … mas cerveja feita de milho e arroz … para mim jamais será cerveja e não entra na minha casa!
    Além da Heineken, temos a Devassa, Eisenbahn … e umas tantas outras nacionais de puro malte excelentes!

  47. Muito bom o tópico e concordo com tudo. A Heineken é a melhor sem dúvida. Só fazendo uma observação a Heineken é uma cerveja Lager. As outras são Pilsen.

  48. Flamarion

    Até 1 semana atrás não sabia desta brecha que o Brasil abriu para a permissão de substituir parcialmente o malte na composição da cerveja. .Logo por milho transgênico. Os fabricantes deveriam ser obrigados a indicar o símbolo “T” quando utilizassem milho transgênico… E cerveja com conservante e antioxidante é mesmo o fim da picada…Tudo isto é uma brincanagem – uma mistura de brincadeira com sacanagem…
    Parabéns pela pesquisa e pelo compartilhamento dela conosco.Consumidor informado é consumidor melhor.

  49. Flavio

    Não acredito que apenas o fator lucro seja a causa da má qualidade da nossa cerveja. A maioria do povo não tem grana e quando vai comprar cerveja, opta pela mais barata. Dessa maneira acaba tomando agua destilada, milho e conservantes. Parece que não há solução, mas a concentração de produção em um ou dois fabricantes abre espaço para produtores artesanais e novos rótulos. De qualquer maneira, nossa cerveja é ruim mesmo e só deve ser tomada com temperaturas abaixo de 4 graus pois é nesse ponto que os conservantes industriais se estabilizam. Cerveja boa tem espuma cremosa e não espuma que parece sabão!

  50. Ronaldo Schroeder

    Sobre a Bohemia, era originalmente produzida só em Petrópolis e atendia o estado da Guanabara. Mais especificamente a cidade do Rio de Janeiro e poucas adjacências. Era produzida com a excelente água de Petrópolis, um dos motivos de sua excelência. Atendia a poucos lugares porque a produção era pequena. Os bares e restaurantes que a tinham no cardápio raramente vendiam Brahmas e Antárticas. Tinha cliente que preferia esse ou aquele bar ou restaurante apenas porque tinha a Bohemia. Enfim, as outras se reuniram na Ambev e a família que produzia a Bohemia, diante de proposta astronômica, a vendeu. Hoje colam o rótulo em qualquer m…. e dizem que é Bohemia. Tristeza.

  51. Marino Jr

    Gostaria de saber sobre a Budweiser , um comparativo com a Heineken ??? Obrigado.

  52. Lucas

    Wilson Cardoso, não existe melhor cerveja para diabético. Todas fazem mal pela alta quantidade de carboidratos. Independentemente se for de milho, trigo, etc

  53. Tadeu

    A AMBEVE consegue alterar pra pior, de modo significante
    todas as cervejas que produz.
    “Estragou” a Nordenã, Stella Artois, Quilmes, Patagônia, etc.
    E, realmente, a Heineken é fidedigna.
    Parabéns à Coca-Cola, pelo PRIMOR E SERIEDADE, em nos fornecer a Heineken, em sua essência.
    Não existe mais a Brahma e Antárticá, como eram na décadade 70/80.
    A Heineken é, em especial, muito…mas muito boa.
    E com preço, excepcionalmente, competitivo.
    Claro, aqui me detenho, à junção QUALIDADE/PREÇO…
    EXCEPCIONAIS.

  54. Tadeu

    Houve um comentário, de ser permitido o acréscimo de
    outros produtos à fórmula original da Cerveja. Plenamente aceitável, porém o acréscimo do milho não se torbou de bom alvitr pois o mesmo, por acontecer em fermentação a frio, gera na ingesta uma inindigestibilidade. O milho e seus derivados, devem ser ingeridos após aporte de calor bem elevado, tal como em: ANGÚ, BOLOS, FUBÁ TORRADO,PAMONHAS, ETC.
    Alguém que ingira o fubá com água, sem cozimento algum, com certeza terá um processo digestório penoso.
    Daí, creio o Brasil ter aumentado, em muito, o consumo dos bloqueadores de bomba de pratos, a saber:omeprazol, esomeprazol, pantoprazol, lansoprazol e rabeprazol.
    Haja GASTRITE.
    Não refiro aqui os outros produtos à cerveja, acrescentados.Detenho-me apenas, no momento, à utilização do milho na fabricação dessa TÃO PRECIOSA E APRECIADA BEBIDA: “A CERVEJA”.
    NÃO CONSUMO CERVEJA QUE POSSUA MILHO OU CONSERVANTES EM SUA COMPOSIÇÃO.
    E quanto a origem do milho?
    É ORGÂNICO??
    É SELECIONADO??
    TEM AGROTÓXICOS EM SEU PLANTIO??

  55. Tadeu

    …***
    …CORRIGINDO: não é bomba de pratos. É “INIBIDORES DA BOMBA de PRÓTONS”.

  56. Tadeu

    Quanto à cor da embalagem de VIDRO VERDE tem um
    caráter legal.
    A cervejavem vidro ( escuro=âmbar=marron) não permite
    a passagem do raio violeta.
    Qdo em VIDRO VERDE, se deixarmos um Heineken exposta à LUZ NATURAL (não ao sol ou calor direto). Apenas em contato com a CLARIDADE NATURAL DE LUZ
    VINDA DE UMA JANELA(em local absolutamente frsco),
    acontecerá a passagem do raio ultra-violeta pelo vidro e,
    quanto mais tempo exposta, haverá oxiredução do lúpulo
    nela utilizado. Esse processo de oxiredução leva à INTENSIFICAÇÃO DO SABOR AMARGO já contido inicialmente qdo da produção.
    Qto mais exposição à CLARIDADE NATURAL, MAIS AMARGA se tornará a cerveja. Experiência confirmada técnica e cientificamente e, pessoalmente, por mim.
    O APRECIADORES da Cerveja “AMARGA”, perceberão.

  57. Marcos

    Hoje em dia só consumo Heineken e Eisenbahn justamente por conservarem a fórmula original das antigas cervejas de verdade.
    Vale lembrar que no Brasil é preciso ficar esperto com o que consumimos. Um exemplo é isso que acontece com as cervejas que sofrem um monte de alterações em suas formulas, e ainda assim as leis permitem que sejam chamadas de “cerveja” quando na verdade não são. Outro exemplo é o pão de forma integral, você compra como integral, mas a hora que você resolve ler quais são os ingredientes nota que em sua fórmula tem um monte de porcarias,como farinha branca enriquecida ,que não tem nada de integral, entre outros. Um perigo para nossa saúde.
    Parabéns pelo post.

  58. Pingback: Alimentos Transgênicos: Lista com os 20 Piores – Dicas de Alimentação do Jorge

  59. Nei

    TODAS DA AMBEV SÃO SUCO DE MILHO. E TRANSGÊNICO. O GOVERNO APROVOU E RECOLHE BILHÕES E VC DEPOIS CAI NO SUS.

  60. J. Hermes

    Bela materia! sem mais.

  61. Rodrigo

    Boa tarde. Excelente texto. Estou querendo mudar minhas escolhas sobre cervejas. Quero parar de beber dá AmBev. Poderia por favor citar algumas cervejas tipo a Heineken

  62. eliane

    adoro tomar uma cerveja nos finais de semana, e ja tomei de todos, venho me atentando de que algumas me fazem mau e me deixam com dor de cabeça ou estufada… e a unica que nao me dá alteracao é a Heineken.
    será por conta dos trangenicos ou dos corantes ???
    ahhh e nao posso tbem com cervejas em latas, tbem acho ruim.
    sera por que ???

    • admin

      provavel

  63. Marcos Luiz

    A Heineken é totalmente livre de carboidratos?

    • admin

      rs,… q pergunta rs….

    • Diego Valério

      O malte possui 11% de carboidrato, não sei quanto vai em cada marca.

  64. henrique

    bom dia !! onde consigo fazer assinatura de clube da Heineken?

  65. Romualdo Portella

    Bebida “acervejada”…Assim deveriam ser chamadas essas falsas cervejas produzidas a base de ingredientes que não correspondem ao nome da bebida…isto é um engodo…um crime de falsidade ideológica. Chego a crer que seja um caso para Dr. Sérgio Moro e Dr Rodrigo Janot. Deveriam começar pela Ambev. Porque não pensamos em propor uma ação popular contra esses criminosos impunes que enriquecem à custa de enganar e causar mal à tantos inocentes,, desinformados ou tolos que ainda persistem no prazer de serem engodados. Parabéns pelo Posr…precisamos de pessoas inteligentes…críticas e bem informadas

  66. Joe Anderson

    Ótimo post! Não vejo problema em experimentar diversas bebidas, mais caras ou mais baratas em função da variação das receitas (como você pode argumentar sem ao menos ter experimentado?). Experimentar é diferente de tomar com frequência. O problema mesmo está na omissão ou má fé das grandes empresas sobre o uso em suas receitas de produtos químicos ou transgênicos que comprovadamente fazem mal à saúde. Claro, como outros colegas aqui bem disseram, não vale fazer desfeita e deixar de tomar a Skol que seu amigo está oferecendo na faixa. Tome um copo ou dois e pronto. E ofereça uma puro malte a ele quando for na sua casa. Além da Heineken, tem a Eisenbahn, Serramalte, Proibida e Devassa puro malte (as duas últimas com propaganda exagerada).

  67. Vagner Nicodemos

    E sobre a Estella Galícia?

  68. Índio está acostumado a fermentação de milho,então como sempre, apareceu um estrangeiro,que apenas satisfez o desejo de milhões.de otários: cerveja de bosta,por um preço EXORBITANTE:

    Pra índio, é melhor fermentação de mandioca: Governos coniventes,e consumidores de MERDA!!!

    MM

  69. Recentemente vi um vídeo na net onde crusificavam a Brahma, Skol, Itaipava e outras que não lembro, depois disso acreditem que comecei a passar mal qnd tomo Brahma kkk, a partir desse ocorrido só estou tomando Devassa Loira ou (Heineken)

  70. Ricardo

    Beber “cerveja” com 40% de milho e conservantes já é terrivel, e eles conseguem piorar a coisa usando milho ou arroz TRANSGÊNICOS. E a pergunta que fica: vc já viu algum rotulo de cerveja que usa milho transgênico leva o simbolo do triangulo e o “T”? Eles não falam nem que usam milho… vão falar que é transgênico? Acho que não né? E viva a Heineken, Eisenbahn e tantas outras que conservam a verdadeira cerveja.

  71. Itaicaga a pior ( milho somente cozido ou pipoca)

  72. JAIR GOETZ

    EXCELENTES POSTAGENS….CONCORDO COM TUDO…COMECEI A BEBER CERVEJA BEM CEDO, EM 1986 MAIS OU MENOS, E ERA SÓ ANTARCTICA….MAS HOJE MUDEI PARA KAISER, MESMO SENDO DE MILHO E TUDO QUE PORCARIA POSSIVEL…AINDA ACHO ELA A MAIS GOSTOSA…CONCORDO QUE DEVERIA MUDAR DE NOME E NÃO SE CHAMAR DE CERVEJA E SIM SUCO DE MILHO (KKKKK) A BUDWEISER COMPRADA NA ARGENTINA É BOA, MAS A BRASILEIRA…SAI DE PERTO.AS VEZES TOMO HNK, MAS NÃO CONSIGO GOSTAR…GOSTO É GOSTO, E O FIGADO QUE SE LASQUE..KKKKKKKK. ABRAÇO!

  73. jeber

    Bem faz eu q só bebo pinga!

  74. O q me diz da Original e da Cerpa???

    • admin

      le o texto que eu digo lá… são cervejas de milho

  75. Odair Garcia

    Heineken é Heineken. O resto, resto

  76. Rogerio

    Sobre esses comparativos, pode me dizer sobre as cervejas que contém anti oxidantes? Porque a Brahma Extra contém esse danado, mas gosto bastante, principalmente a red Lager? esse antioxidante faz mal, prejudica o sabor ou diminui a qualidade?
    E parabéns pelo Post!

  77. Carlos

    porque cervejas puro malte , boas cervejas alias, como Petra aurum, therezolpolis, e paulistania apenas para citar alguma , tambem trazem no rotulo, que contem conservante ????

  78. Cesar Moura

    Só uma observação de alguém que não compra cerveja com “cereais não maltados”: a um custo ainda menor do que a Heineken, existe a bavária premium. e no preço médio da Heineken, háa família Brahma extra, toda puro malte – tirando a de trigo, por motivos óbvios.

  79. Neide

    Heineken é a melhor que nós temos, com certeza, dentro de um preço razoável

  80. Douglas Deliberai Raizaro

    Bebo cerveja desde 1982. Me lembro que a Antárctica era a melhor, embora a Brahma não fosse ruim. Me lembro bem da Antactica e da Antarctica Pilsen nos anos 90 (1995, 1996). Era excelente, espumosa, encorpada. Hoje é impossivel beber. Parece qualquer coisa, menos cerveja. Já faz algum tempo que estou sabendo dessa deterioração da qualidade em nome do manto sagrado do lucro da maior cervejaria do mundo. Eu gostava da Kaiser bock, que, infelizmente não é mais fabricada. Agora só estou bebendo Brahma Extra dessa série nova (Lager, Red) e Heineken. Curiosamente, a Devassa que também é puro malte não desce, é uma questão de gosto mesmo. A Serra Malte é boa. A Bohemia é igual a Brahma. Experimente beber as duas de olhos fechados, vc não saberá qual é uma e qual é outra. A Skol sempre foi água de batata podre. Mesmo nos anos 80/90. O problema é que o preço de qualquer cerveja está muito alto. Qualquer long neck é mais cara que um litro de leite. Isso induz a consumir as cervejas da Ambev, que são mais baratas, quer dizer, mais ou menos, pois o preço da Brahma já tá próximo da Heineken.

  81. João Prado

    Há muito tempo sempre consumi as clássicas brasileiras (antarctica, skol, brahma) e isso após umas três latinhas começa a me dar um refluxo, sensação de inchaço. seguido por dor no peito, e mais tarde soluços.

    De um tempo pra cá, comecei a consumir as cervejas artesanais, no qual virei fã. no supermercado encontrei a brahma extra red larger. Posso beber dessa cerveja a vontade que não me faz me sentir mal em nenhum momento.

    Na minha conclusão, é que essa não possui os cereais não maltados e os conservantes. não há outra explicação.

  82. João Padro

    cadê meu comentário ???

  83. Reggis Tavares

    A composição da cerveja tem haver com a ressaca?

  84. Antonio Pereira

    Falando no português claro eu recomendo a heineken porque além dos 5% de alcool é claro que queremos ficar bebados quando você toma não sente aquele URRRRRGHHHH horrivel das cervejas comuns de milho ou outra coisa.

  85. Uxío

    Ou a cerveja é puro malte ou é maizena!

    Cerveja puro malte são produzidas apenas com malte de cevada, lúpulo e água. Somente esses 3 componentes e nada mais.

    Dentre as puro malte, existem as limpas e as sujas.

    Puro malte limpa é a cerveja puro malte que não possui nenhum tipo de conservante em sua composição. Só possui água, malte de cevada e lúpulo. E só! Exemplo de puro malte limpa: Heineken, Kirin Ichiban, Eisenbahn.

    Puro malte suja é a cerveja puro malte que possui conservantes químicos em sua composição. Os mais utilizados são os antioxidantes e estabilizantes. Exemplo de puro malte suja: Devassa, Prohibida, Serramalte.

    Maizena é a cerveja que além da cevada, adiciona também todo tipo de cereais, para baratear o processo e enganar o consumidor. Dão sempre a desculpa que é pra apurar o sabor e ressaltar o aroma. Possuem uma quantidade maior de conservantes. Exemplo de maizenas: Skol, Schin, Budweiser, Antartica, Brahma, Petrópolis, Bohemia, etc.

    Todas as cervejas populares da Ambev (exceto a Serramalte) são maizenadas.

    Resumindo: Para saber se a sua cerveja é puro malte ou maizena, basta ler a composição no rótulo.

    Se na composição constar apenas: água, malte de cevada e lúpulo, é puro malte limpa.

    Se na composição constar: água, malte de cevada, lúpulo e qualquer tipo de conservante, é puro malte suja.

    Porém, se além da água, malte de cevada e lúpulo, na composição constar: cereais não maltados, carboidratos, hidratos de carbono, açúcares, ou qualquer outra palavra similar, essa cerveja é maizenada.

    Os tais cereais não maltados podem ser: milho, arroz, mandioca, ou qualquer outra porcaria.

    O grande problema da cerveja maizenada feita no Brasil, além de não ser cerveja de fato, é justamente não informar com clareza, desrespeitando o código do consumidor e o próprio consumidor, qual cereal não maltado foi adicionado à composição, além de utilizar palavras genéricas pra disfarçar.

    A cerveja espanhola Estrella Galícia em sua composição consta claramente que leva milho.

    A cerveja puro malte já no rótulo frontal informa que é puro malte.

    Tá na dúvida? Leia o rótulo!

  86. Aurélio

    A Brahma Extra também é feita com água, malte e lúpulo.

  87. Heineken é a melhor sem dúvida , o resto é suco de milho transgênico , mais brasileiro é otario mesmos já tá acostumado a fumar no rabo dos políticos , se acha que eles iriam injeitar uma boa cervejinha de cereais não mateados , kkkkk acordo galera bora questiona , eu não bebe mais nenhuma cerveja que não seja “água ,malte, lúpulo ” !!!

  88. Jose Carlos

    O malte pode ser feito por quais cereais?

  89. Xell

    alguém me explica o mal do arroz na budweiser ?? O milho é transgênico , ta , e o arroz ? Qual mal ?

    • admin

      deixa o gosto ruim e faz ela estragar mais rápido.

  90. Marcelo Midlej

    Parabéns pela bela reportagem !
    Não sou expert em cervejas , mas esporadicamente consumo umas Heinekens. Sou bastante observador no quesito composição . Portanto leio todos os rótulos e lamentavelmente a maioria que afirmam serem puro malte , contém na sua composição , conservantes e ou anti-oxidantes , portanto se contém esses produtos já sinalizam que o lúpulo não tem boa qualidade , pois lúpulo de boa qualidade é o conservante ideal !
    Heineken e as cervejas artesanais que usam a mesma fórmula são as ideais . São as que vc terá um dia posterior sem os efeitos nocivos dessas marcas que não respeitam o consumidor .

  91. Tito Martins

    Eu bebo cerveja a 55 anos. Sou do tempo que a Bohemia era fabricada em Petrópolis com a água que nascia na pedreira e era levada para a fábrica por uma meia cana de bambu. O chacoalhar da água nos nós do bambu criavam uma aeração que era única. Aquilo era cerveja!!!! Hoje qualquer água serve. Ela é totalmente desmineralizada, filtrada e purificada. Penso que na hora de beber a Antártica e a Brahma até tem um certo sabor. Mas depois… Haja fígado! Não bebo nem com ameaça de morte, Itaipava, Skol, Schin e outras drogas semelhantes. Tomei Heineken na Holanda e Bélgica e não vejo nenhuma diferença entre elas no dia seguinte. Mr. Alfred Heineken, antes de morrer, deixou claro que em qualquer fábrica no mundo a composição seria sempre a mesma. A sua descendente, hoje presidente da empresa, segue fielmente essa regra. Variação de sabores são por conta da intensidade de luz, temperatura ambiental, tempo de consumo e forma de manuseio. Todas elas são iguais. Na duvida, bebam Heineken que tiro certo!!!!

  92. Rafael Lima

    Bom dia

    Meu caro a Cerveja Proibida Puro Malte o que nos diz sobre ela.

    • Carlitos

      A proibida puro malte é show heim, é quase pau a pau com a Heineken no quesito deixar você louco rapidamente.

      • admin

        não conheço mas acho difícil…

  93. Sinval Araujo

    Minha única restrição à Heiniken seria aquela estrela vermelha no rótulo, que me lembra coisa ruim.

    • admin

      rs… relação meio besta mas curti a piadinha rs…

  94. JAIR GOETZ

    SINVAL ARAUJO, CONCORDO COMPLETAMENTE COM VOCE…O LIQUIDO É MUUUUUUITO PRECIOSO….MAS A ESTRELA…É COMPLICADA…..

  95. Hugo Lopes

    Já bebi muita Skol, Brahma e Antartica, gosto muito da Heineken, mas só depois que comecei a tomar Amstel (que é do mesmo grupo da Heineken) foi que percebi o quanto todas essas nacionais são ruins. Hoje, depois da Amstel, nenhuma dessas da Ambev me descem mais. Você teria conhecimento sobre a Amstel?

    PS: Parabéns pela pesquisa e pelo texto.

    • admin

      Cara ja li o rotulo dela e tem conservantes tb… E acredito ser da ambev (inbev). Mas tem q dar uma conferida.

  96. Cesar

    Catos cervejeiros, bebo cervejas desde os meus 15 anos deidade, isso em 1980, quando comecei a beber achava a Brahma ótima, a Skol também. Ocorre que de uns 15 anos para cá, senti que essas cervejas começaram a me dar dor de cabeça no dia seguinte é uma baita diarréia. Hoje não bebo mais nenhuma dessas 2 cervejas. Será que comecei a ter essas dores de cabeça e diarreias por causa do milho transgênico? Tenho esperimentexperimentado tudo que é tipo de cerveja ultimamente, e as de puro malte não me causam nenhum mal no dia seguinte. Das que mais gosto atualmente é a Budweiser e a Eisenbahn, a Heineken eu achei um pouco amarga para o meu gosto. Mas a pergunta que gostaria fe fazer aos colegas brejeiros, iguais a mim, é qual a cerveja que possuem a menor quantidade de carboidratos onde pode ser compradas aqui no brasil, a Skol Ultra eu não acho mais em lugar nenhum, era a mais indicada para quem é diabético e não abre mão de um gelol nós nos fins de semana.

  97. Cesar

    Em tempo: sei que a Bic não é puro malte, mas não têm milho em sua composição, é arroz. É E me sinto muito bem com ela.

  98. Alex

    Heineken e definitivamente a melhor cerveja que nós bebemos aqui no Brasil. O Resto , pode jogar fora !!

  99. Carlos

    uma outra grande diferença para que aprecia uma boa cerveja como a Heineken é: experimente tomar apena um copo de qualquer outra cerveja, parece que você tá tomando uma água de cerveja sem nenhum sabor.

  100. Eduardo Santos

    A Heineken tem Glutem? então tudo farinha do mesmo saco,,,,,,,,

  101. Galo

    Ótimo texto, mas essa mesma qualidade está na querida Bavaria que vai milho e muita, muita água.

  102. caio

    Eu passei a amar a heinecken a 2 meses e não troco nunca mais …. amei o texto e era tudo o que meu irmão falava Adeus dor de cabeça e tudo issoq ue a brahma trazia junto… bravoooooo

  103. Daniel

    A Budweiser pode ser colocada nesse mesmo quadro de cervejas com milho transgênico e conservantes? Não entendo de cervejas, sempre tomei Bud e Heineken pensando que as duas eram boas.

    Budweiser é prejudicial então?

    • admin

      A Bud tem milho mas não tem conservantes… pelo q lembro, mas vale uma conferida no rótulo.

  104. SHIRLEY Lopes

    Só vou beber Heineken e Eisenbahn.

    • admin

      A Kirin Ichiban que tenho visto com mais frequência, é da Kirin, cervejaria japonesa q adquiriu a badem badem e a skincariol recentemente também está com preços cada vez mais populares e tem uma formula pura como a heineken. Vale a pena.

  105. Cesar

    Uma observação feita pelo administrador, em seu comentario, acima, a Bud, não contém milho, ela é produzida com outra matéria prima, o arroz.
    Gosto muito da Heineken, mas acho a Einsenbahn tão boa quanto ela. Sem dúvida as duas melhores cervejas fabricadas no Brasil.

  106. Diego

    Bateu desespero na Ambev, as vendas despencaram dos rótulos tradicionais de Milho Verde! Eu e meus amigos bebemos muita cerveja, e todos mudaram para Heineken, Eisenbahn ou outros rótulos sem milho. Para falar a verdade, acho que o paladar até mudou um pouco, e não consigo tomar nem uma lata de Skol.

    Entendo que o milho da composição pode representar um certo tipo de refrescância no sabor, mas 45% da composição já é sacanagem e desrespeito com o consumidor.

  107. joejcfs

    e a eisenbahn? É boa ou é mais do mesmo?

    • admin

      Sim…

  108. Muito. Boa. Cerveja

  109. Marcelo Couceiro

    Olá! Importante dizer que o acumulo de lúpilo no organismo masculino pode ocasionar o aumento de hormonio feminino. Em outras palavras: peitinho e piroquinha. Como bom bebedor nao me prendo a uma unica marca de cerveja ou vinho. Já wisky somente uma marca. Bebo cervejas de milho, bem aguadas, qd está quente e vou beber em grande quantidade. E quando vou tomar 2 ou 3 fico com as mais elaboradas em suas formulas. Com essa regra sigo a vida sem peitinho. Bora tomá uma!

  110. james soliz

    Eu bebia Budweiser, porém percebi uma mudança no sabor e parei. Alguém sabe o que aconteceu?

    • Lucas Gallat

      Na sua composição foram incorporados cereais não maltados, como o milho, por isso a mudança no sabor.

  111. Lucas Gallat

    Bom, após a leitura a leitura do texto fica óbvio sua paixão por cerveja, também não tenho apreço por marcas que trazem ingredientes extras na sua receita, como cereais não maltados. por conseguinte, gostaria que você fizesse algumas considerações sobre a Eisenbahn, incluindo os seus diferentes estilos de cerveja (pilsen, weiseberr, pale ale). Afinal a produção dessa cerveja no Brasil é recente e feita pelo grupo Brasil Kirin.

    • admin

      a eisenbhan eh ótima mas se não me engano a kirin passou pra frente… da ultima vez q tomei sua fórmula estava intacta, é uma cerveja deliciosa.

Deixe uma resposta